Identidade Alemã: no Brasil e na Alemanha


Informações

Ministrante:

Lorenz Wagner

 

Data:

Sala München: 26-29/05/2020

Sala Hamburgo: 30/05/2020-02/06/2020

 

Total

4 horas

 

 


Objetivo

A intenção deste segmento do curso é estimular a reflexão diferenciada sobre o conceito de identidade, com foco na chamada identidade cultural - mais especificamente ainda, em "identidade cultural teuto-brasileira". Sem pretensão acadêmica, serão apresentados alguns conceitos básicos indispensáveis para o debate informado sobre o tema, simultaneamente como ferramentas intelectuais e como incentivo ao pensamento e à aplicação prática, longe dos clichês batidos e dos estereótipos por vezes sufocantes.

Conteúdo programático

Partindo de uma introdução teórica ao assunto e a alguns termos fundamentais para a discussão crítica do mesmo, falaremos de como identidades são constituídas; para que servem; se elas podem mudar (e como). Abordaremos também a questão da interculturalidade (não apenas) Brasil-Alemanha e de seus problemas inerentes, para enfim chegarmos ao tema específico da formação de uma possível identidade teuto-brasileira nos tempos de hoje.
Em seguida à palestra inicial, que terá duração de cerca de 60 mins., os participantes são convidados para sessão de perguntas e respostas informal, troca de ideias, e relatos de experiência / reflexões sobre o tema.

O ministrante

Lorenz Wagner, nascido na Baviera em 1979, é escritor, tradutor e pesquisador vinculado à Ludwig-Maximilians-Universität de Munique (tese de doutorado sobre "Identidade narrativa entre brasileiros de ascendência alemã"). Entre 2012 e 2019, foi encarregado de cooperação científica e educacional junto ao Consulado-Geral do Brasil em Munique. Há mais de 15 anos, realiza pesquisas acerca do tema de identidades culturais híbridas, sua formação e suas transformações.